sábado, 5 de fevereiro de 2011

Os ignorantes é que são felizes...

... e por não terem a menor noção das coisas é que acham tudo liiindo e maravilhoso!
Eu me encaixo nesse perfil, de ignorante! Todos nós, ora ou outra nos encaixamos, ignoramos certos assuntos, não queremos saber ou nunca nos incitou tal curiosidade.... seja pelo motivo que for, enquanto ignorantes, somos felizes.
Ontem conversando com marido subi ao patamar de pessoa que deixa de ignorar um assunto e passa a sofrer com a realidade.
Sempre achei lindo aquelas roupas brilhosas, movimentos dignos de um balé classico na performance dos toureiros.... os gritos de olé enquanto touro, o querio e fofo touro passa por baixo do pano esvoaçante.
Na minha idéia de pessoa que ignora a realidade, o touro era o astro rei das touradas. Ovacionado, bem tratado, com status de pop star. Já o toureiro, precisava chegar e mostrar seu valor, mostrar que poderia dominar o touro.
Nunca, nunca em meus mais doidos pensamentos poderia imaginar que o todo poderoso touro era ferido brutalmente durante as touradas. Nunca reparei nas estacas que os toureiros escondem atrás da linda capa vermelha, nunca tinha visto as enormes manchas de sangue que tingem o touro, nunca reparei que ele só perde depois de enfraquecer pela enorme perda de sangue e sofrimento, dando assim a chance do toureiro virar heroi e dar a estacada final no peito do bicho. Nunca, jamais imaginei que ele estivesse ali para morrer!
E o pior de tudo é saber que as milhares de pessoas que ali estão para assistir não são ignorantes como eu.... elas sim sabem de toda essa brutalidade e ainda aplaudem!
Achei o fim, preferia ter ficado no meu mundinho de desconhecimento e alienação. E pensar que eu até gostaria de ver uma tourada antes de saber disso tudo.... eu achando que poderia estar na torcida do touro... Como se ele tivesse alguma chance!
Odeio quem maltrata bichos, não interessa a cultura.... maltratar é maldade!
Quem compartilha comigo a indignação, deixe seu comentário!!!!

6 comentários:

Bruna e Alexandre disse...

concordo plenamente com o que vc escreveu, esse tipo de violencia deveria ser proibida ( mesmo sendo a cultura do povo), é o fim ver um animal que é tão inocente morrer para alegria do ser humano, um divertimento torpe. Os seres humanos foram criados para ser omo os animais, matar somente para defender-se e alimentar-se e não por divertimento.

Ana Santos disse...

Concordo com o que você escreveu, Fernanda, mas infelizmente, para muitos a cultura faz com que espetáculos deste tipo continuem acontecendo. É preciso mudar a cultura para que crueldades como estas deixem de acontecer.

Valéria Soares disse...

É, Fernanda, a vida é triste para centenas de animais que morrem diariamente pelas mãos humanas, de diversas formas cruéis. Certa vez li em um livro que "a vida é uma tentativa de domesticar o homem". Hoje entendo que somos animais, no sentido nato da palavra; temos instintos que desconhecemos; agimos, muitas vezes, de forma brutal e irracional. Pense bem: por exemplo, amamos cães, gatos e pássaros (cuidamos deles com quase extremada veneração) e, em contrapartida, nos deliciamos com um belo churrasco nos finais de semana. Há diferença entre os bichos? Quem ama, deve amar incondicionalmente, não é? Por que concordamos com atos que subjugam os cavalos, galinhas, bois, patos, cordeiros e tantos outros? Precisamos mudar, respeitar todas as formas de vida e não apenas aquelas que selecionamos como superiores e merecedoras de nosso carinho. Estou me referindo, em princípio, à nossa cultura brasileira. Estou convicta que, se melhorarmos nossas ações aqui, onde moramos, (o que já é difícil!), será um belo começo. Afinal, ficamos indignadas com a crueldade das touradas lá na Espanha e nem nos damos conta do que acontece pertinho de nós (e eu, é claro, me incluo nesses índices). Para finalizar, deixo um pensamento de Albert Schweitzer: "quando o homem aprender a respeitar até o menor ser da criação, seja animal ou vegetal, ninguém precisará ensiná-lo a amar o seu semelhante". Grande beijo.

Mundo da Fer* disse...

Concordo com você viu Fer,ainda bem que acabaram com aqueles espetáculos circenses onde sofriam os pobres bichos.

Vintage disse...

Fê, o Fabinho foi numa tourada.ele e os amigos enquanto faziam mochilão.
nunca iria, nao tenho um pingo de vontade...
fui lendo seu post e meu coração doeu, te juro.
muito maldade mesmo.
sou tao assim, que estavamos na praia ano passado e um bebado chutou um coitado de um cachorro, me deu um nojo do ser humano, fui ver se o cachorro estava bem, e varias outras pessoas preocupadas foram ver tb...
devia ser crime ne..
mas mudando de assunto, que bom que esteja gostando dos relatos de paris!!
aproveita as dicas, e as dicas novas quando vc for, me passa pra minha 2 vez na cidade luz. Porque terão muitas e muitas idas pra lá rsrs.se depender de mim, todo ano!!!!
beijinhos

Vintage disse...

Ah Fer eu to com o blog da Vintage, mas é a Bella , do www.bellaefabio.blogspot.com
beijos!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
....Mundinho (Incrível) de Fernanda.... Design by Exotic Mommie. Illustraion By DaPino